Pular para o conteúdo
Voltar

CGE apresenta o novo Fale Cidadão aos ouvidores

A nova versão do Fale Cidadão está na fase de testes e deve ser colocada em produção, para utilização dos ouvidores, até o final deste ano
Juliene Leite | CGE-MT

Superintendente de Ouvidoria, Vilson Nery, contextualizou sobre o novo sistema "Fale Cidadão" - Foto por: Juliene Leite - CGE/MT
Superintendente de Ouvidoria, Vilson Nery, contextualizou sobre o novo sistema
A | A

O sistema eletrônico utilizado pela Ouvidoria do Governo de Mato Grosso está sendo aprimorado para permitir que as demandas sejam atendidas com mais funcionalidade e eficiência. A nova interface, o Fale Cidadão II, com alterações mais dinâmicas em relação ao atual sistema, foi apresentada no início deste mês pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) aos servidores das ouvidorias setoriais das secretarias.

O superintendente de Ouvidoria da CGE-MT, Vilson Nery, explicou que o Fale Cidadão II tem como mote auxiliar cada secretaria e autarquia da administração pública a trabalhar efetivamente suas especificidades com o objetivo de dar mais qualidade e celeridade ao atendimento das demandas.

“Sabemos que aquilo que atende a Setasc (Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania) não atende a Sema (Secretaria de Estado de Meio Ambiente), por exemplo. Nas reuniões com as Ouvidorias, eram apontadas algumas diferenças nas demandas de cada secretaria, os ouvidores nos diziam que a tipificação que fazíamos não condizia com as características de seu produto”, argumentou.

Os dados e as informações armazenados no atual sistema serão migrados para o Fale Cidadão II, que tem como umas das finalidades permitir a elaboração de relatórios gerenciais mais robustos e funcionais. “Faz tempo que pensamos em melhorar o sistema e torná-lo mais operacional. Tínhamos uma preocupação como o banco de dados, pois possuímos informações preciosas. A ideia é que consigamos fazer a migração de um sistema para o outro. O Fale Cidadão II tem como característica a funcionalidade, permitindo um relatório mais afinado, mais filtrado para a finalística, para as secretarias, os órgãos da indireta”, avaliou.

A nova versão do sistema, em desenvolvimento pela Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), está alinhada à diretriz de aperfeiçoamento e o fortalecimento da comunicação entre a administração pública e o cidadão.

“Responsável pela coordenação da atividade de Ouvidoria no Poder Executivo Estadual, a CGE sempre procura inovar no sentido de trazer o cidadão para dentro da administração pública, para que o cidadão siga elogiando, criticando e ajudando a aperfeiçoar as políticas públicas. Valorizamos nossa rede de ouvidores e ouvidoras. Trabalhamos para trazer esse processo de atualização, de capacitação e de ofertas dos instrumentos, visando a uma boa prestação de serviço público e a participação popular na gestão pública”, finalizou o superintendente.

Na demonstração do novo sistema, conduzida pelo auditor do Estado, Marcos Fujimura, os ouvidores tiveram também a oportunidade de apresentar contribuições ao projeto.

O Fale Cidadão II está na fase de testes e deve ser colocado em produção, para utilização dos ouvidores, até o final deste ano.

Rede de Ouvidorias

No Poder Executivo do Estado de Mato Grosso, a Ouvidoria está organizada em Rede, ou seja, as ouvidorias dos órgãos e das entidades estão interligadas pelo mesmo sistema eletrônico (denominado de Fale Cidadão) para registro das manifestações da sociedade e seguem diretrizes comuns de atuação estabelecidas pela CGE, por meio da Superintendência de Ouvidoria.

Está estruturada para receber críticas, sugestões ou denúncias acerca de qualquer área de competência do Poder Executivo Estadual pelos mesmos canais de contato. São eles: discagem gratuita pelo 0800-647-1520, ligação local pelo número 162, registro pelo whatsapp (65) 98476-6548 e pelo endereço www.ouvidoria.mt.gov.br/falecidadao (redirecionamento está disponível em todos os sites dos órgãos).