Pular para o conteúdo
Voltar

Programa CGE Orienta tem aprovação de 75% dos participantes

Os participantes mensuraram o nível de satisfação quanto às palestras e oficinas, classificando de ótimo a ruim
Juliene Leite | CGE-MT

Auditor Breno Santiago em palestra sobre Fiscalização de Contratos - Foto por: Ligiani Silveira - CGE/MT
Auditor Breno Santiago em palestra sobre Fiscalização de Contratos
A | A

O primeiro ciclo do "Programa CGE Orienta - Estado Íntegro e Eficaz" obteve 75% de aprovação, como aponta a avaliação eletrônica disponibilizada aos participantes pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT). 

Na pesquisa, os participantes puderam mensurar o nível de satisfação quanto às palestras e oficinas, classificando de ótimo a ruim. Também opinaram sobre a atuação dos instrutores (auditores do Estado) e a execução das atividades, assinalando de ótimo a ruim nos quesitos domínio sobre o assunto, cumprimento do tema proposto, desempenho didático, administração do tempo e esclarecimento de dúvidas.

Da mesma forma, os servidores qualificaram a estrutura física do órgão para comportar a programação do "CGE Orienta". Os participantes igualmente categorizaram de ótimo a ruim as instalações, a facilidade de acesso e a qualidade da internet disponível.

Na pesquisa, os servidores também apresentaram sugestões de melhoria e de temas as serem abordados nas próximas etapas do Programa. Alguns dos assuntos propostos foram os seguintes: processos administrativos de correição, cálculo de verbas indenizatórias e as consequências da nova previdência na vida do servidor público. "Essas sugestões foram bem absorvidas pela CGE e servirão para aperfeiçoar os próximos ciclos", ressalta o secretário-adjunto de Controle Preventivo e Auditoria, José Alves Pereira Filho.

A primeira etapa do "Programa CGE Orienta", realizada nos dias 17, 18 e 19 de setembro, foi direcionada aos servidores da Junta Comercial (Jucemat), do Instituto de Terras (Intermat), da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), da própria CGE e da Defensoria Pública. Os temas abordados foram: controle disciplinar, gestão de pessoas, conformidade da despesa pública e fiscalização de contratos.

Função preventiva

O "Programa CGE Orienta - Estado Íntegro e Eficaz” foi lançado dia 11 de julho como parte das comemorações dos 40 anos da CGE e da função preventiva de atuação da Controladoria.

A ação tem como objetivo a promoção da integridade e do aperfeiçoamento da gestão pública mediante a oferta continuada e direcionada de orientações e capacitações a gestores, servidores públicos, empresas com contratos vigentes ou com interesse em estabelecer negócios com o Poder Executivo do Estado de Mato Grosso.