Pular para o conteúdo
Voltar

Lives da CGE durante pandemia já tiveram mais de 15 mil visualizações

Transmissões são realizadas do estúdio montado pela CGE, com equipamentos e equipe técnica que o órgão já possuía, para se adaptar à nova realidade de distanciamento social
Thaís Olegário e Ligiani Silveira | CGE-MT

Auditor Fabiano Ferreira Leite: Organização da Vida Funcional do Servidor Público - Foto por: Reprodução - Assessoria/CGE-MT
Auditor Fabiano Ferreira Leite: Organização da Vida Funcional do Servidor Público
A | A

Apesar das medidas de isolamento social adotadas, necessárias ao controle da disseminação do novo coronavírus, as estruturas e os serviços oferecidos pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) não pararam, mas têm passado por diversas adaptações. Uma delas é a “instalação” de estúdio em seu prédio, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá, como alternativa para viabilizar os ciclos de orientação estabelecidos no planejamento anual de trabalho da CGE.

Desde que o estúdio foi montado, há seis meses, a CGE já realizou 15 transmissões ao vivo, envolvendo assuntos voltados ao público em geral e ao público interno da Controladoria. As transmissões ao vivo foram acompanhadas por quase 1.900 espectadores.

Após as transmissões ao vivo, os vídeos ficam disponíveis no canal de Youtube da CGE. Os vídeos das 15 transmissões já tiveram 15.083 visualizações até as 23h desta quarta-feira (18.11). Se os eventos tivessem sido realizados de forma presencial no auditório da CGE, cuja capacidade é de acomodar até 160 pessoas, o alcance teria sido de no máximo de 2.400 participantes.

Somente como parte do “Programa CGE ORIENTA – Estado Íntegro e Eficaz”, foram realizados um piloto e mais seis edições sobre diversas temáticas, como: Integridade na Administração Pública, Reflexões sobre a Ética nas Organizações sob o Prisma da Integridade, Gestão e Fiscalização de Contratos, Processo Administrativo de Inexecução Contratual, Controle Social nas Ações de Combate à Covid-19, Deveres e Proibições e Organizacional da Vida Funcional do Servidor Público, dentre outros.

O programa interno “Viver com Qualidade”, voltado a ações e ao incentivo de práticas de saúde e qualidade de vida no ambiente de trabalho da CGE, também ganhou uma versão on-line e ainda mais dinâmica. Até agora, seis lives foram ao ar, entre elas relativas a orientações preventivas e de apoio psicossocial aos servidores da CGE durante a pandemia e às campanhas Setembro Amarelo (prevenção ao suicídio) e Outubro Rosa (prevenção ao câncer de mama). 

“Neste caso, as ações de caráter interno acabaram reverberando aos servidores estaduais como um todo e a outros interessados porque as transmissões foram públicas e os vídeos estão disponíveis no Youtube para quem quiser assistir e usufruir das orientações e conhecimentos transmitidos”, salienta o secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida.

A live da campanha Setembro Amarelo foi realizada em conjunto com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e o Mato Grosso Saúde (MT Saúde) por ocasião do “2° Encontro de Promoção e Prevenção à Saúde Mental dos Servidores”.

O espaço tem sido utilizado ainda pelos auditores da CGE-MT quando da participação, como palestrantes, em eventos promovidos por outras instituições, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT) e o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT), já que a sala de transmissão possui softwares gratuitos que permitem a explanação audiovisual acompanhada de apresentação com arquivos pdf e power point, por exemplo.

Compartilhamento

O estúdio também foi compartilhado com outras secretarias a fim de ajudá-las na realização on-line de suas atividades. A Seplag, por exemplo, transmitiu pelo estúdio um bate-papo ao vivo sobre “Autocuidado e Emoções na Pandemia”, como parte da campanha Outubro Rosa. A Seplag também utilizou o espaço para gravar 20 videoaulas sobre Levantamento de Bens de Consumo e Levantamento de Bens Móveis Permanentes.

As capacitações têm sido aprimoradas e ampliadas a outras secretarias para possibilitar ao servidor o desenvolvimento de competências gerais, operacionais, técnico-administrativas e gerenciais, alinhadas aos objetivos estratégicos estabelecidos.

“Investir em conhecimento do servidor público é focar na gestão com o intuito de prestar, cada vez mais, um serviço qualificado e, sobretudo, eficiente ao cidadão”, destaca o titular da CGE-MT.

Estúdio sem novos custos

A comunicação através de lives pela internet está cada vez mais comum como componente da gestão pública eficiente, principalmente em relação à capacitação dos agentes públicos e da sociedade.

Pensando nisso, a Controladoria teve a iniciativa de organizar um estúdio audiovisual, com equipamentos e equipe técnica que o órgão já possuía, para a realização de gravações ou transmissões ao vivo. Para evitar gastos, a CGE utilizou recursos gratuitos das plataformas digitais, tal como o StreamYard, ferramenta que facilita a transmissão de lives de maneira dinâmica.

“A inovação proposta pela CGE tem gerado um impulso positivo no dia a dia dos servidores públicos, estabelecendo novos espaços para formação e debate acerca da administração pública, com uma fundamental finalidade: entregar valor ao cidadão”, ressalta o secretário-controlador geral.