Pular para o conteúdo

Servidores

Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores, Públicos da Administração Direta das Autarquias e das Fundações Públicas Estaduais. 

Institui o Código Disciplinar do Servidor Público Civil do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso, e dá outras providências. 

Transforma a Auditoria Geral do Estado em Controladoria Geral do Estado, dá novas atribuições e outras providências. 

Dispõe sobre a adoção do Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TCAC) como solução alternativa a incidentes disciplinares no âmbito do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso.

Dispõe sobre o Termo Circunstanciado Administrativo (TCA).

Anexo Único: Modelo de TCA

Disciplina o processo sumário de acúmulo e abandono de cargos.

Regulamenta e padroniza os produtos de Corregedoria.

Regulamenta o artigo 32 da Lei Complementar n° 550, de 27 de novembro de 2014 e outras disposições.

Regulamenta o uso de recursos tecnológicos para realização de comunicação de atos processuais correcionais no âmbito do Sistema de Correição.

Pessoa Jurídica

Transforma a Auditoria Geral do Estado em Controladoria Geral do Estado, dá novas atribuições e outras providências.

Regulamenta, no âmbito do Poder Executivo, a aplicação da Lei Federal n° 12.846, de 1° de agosto de 2013 e demais medidas de responsabilização de pessoas Jurídicas, pela prática de atos lesivos contra a Administração Pública Estadual Direta e Indireta, e dá outras providências.

Estabelece metodologia para a apuração do faturamento bruto e dos tributos a serem excluídos para fins de cálculo da multa a que se refere o art. 6º da Lei nº 12.846, de 1º de agostode 2013.

Aprova metodologia de cálculo da multa administrativa prevista no art. 6º, inciso I, da Lei nº 12.846/2013, a ser aplicada no âmbito dos acordos de leniência firmados pela CGE.

Define os procedimentos para celebração do acordo de leniência de que trata a Lei nº 12.846/2013 no âmbito da CGE.

Sanções aplicáveis por inexecução contratual.

Avaliação de programas de integridade de microempresas e empresas de pequeno porte.

Dispõe sobre a avaliação de programas de integridade de pessoas jurídicas (geral).

Retifica o art. 1º da Portaria nº 0028/2020/CGE.

Regulamenta o uso de recursos tecnológicos para realização de comunicação de atos processuais correcionais no âmbito do Sistema de Correição.